Notícias

Latest Industry News

Mercedes-Benz 380 SEC

“Formas demasiado modernas e extravagantes são consumidas com mais rapidez do que aquelas desenhadas de maneira a evitar efeitos demasiado especiais”

“Formas demasiado modernas e extravagantes são consumidas com mais rapidez do que aquelas desenhadas de maneira a evitar efeitos demasiado especiais”.

 

As palavras são de Bruno Sacco, o designer mais aclamado da Mercedes, criador do SEC, e cujo design foi tão importante para a mercedes que acabou por influenciar toda a linguagem estética da marca nos 20 anos que se seguiram.

O S-Klasse-Einspritzmotor-Coupé, ou SEC, para os amigos, nasce em 1981 e mantém-se em produção até 1991, totalizando cerca de 74,000 unidades vendidas!

A grelha larga e os grupos ópticos pequenos distinguiam-no do sedan que lhe dava base. O perfil é igualmente elegante. Com uma linha de cintura alta e tejadilho baixo a remoção do pilar B e ausência de linhas entre o para-brisas e o vidro traseiro conferem-lhe um aspecto verdadeiramente intemporal.

Debaixo do enorme capot de alumínio está um motor V8 redondinho, com 3.8 litros de capacidade e 205 cv. O suficiente para atingir 210 km/h em voo cruzeiro!

A aceleração é rápida e eficiente, a caixa automática de quatro velocidades cumpre na perfeição e o kick-down é eficaz quando é preciso ultrapassar. Contudo, este faustoso coupé não vive de performance. É o refinamento e facilidade com que devora quilómetros de autoestrada que impressionam.

O interior veste-se de uma opulência ditada pela tecnologia, conforto e qualidade dos materiais. É sumptuoso sem excessos! A madeira é verdadeira, a pele foi feita para durar e não há quaisquer barulhos parasitas…

Este 380 SEC de 1985 chegou da República Federal Alemã em 1987. Conta com certificado de interesse histórico, manuais e livro de revisões devidamente carimbado na marca. Um clássico de puro direito, de design intemporal e que pode ser conduzido como um automóvel moderno.

Texto e Fotografia: Gonçalo Bispo

×